7 motivos para pequenas empresas utilizarem computação em nuvem

A computação em nuvem trouxe grandes benefícios para empresas e indivíduos. Nesse artigo nós separamos alguns motivos para a adoção da nuvem em pequenas empresas.

Luiz Pires
Tecnologia

Nuvem, um termo que tem aparecido cada vez mais no cenário da tecnologia nos últimos anos.

Antes um conceito restrito à empresas altamente tecnológicas ou grandes corporações, a computação em nuvem se popularizou e passou a estar presente não só em pequenas empresas como em nossas vidas pessoais.

Por exemplo, é bastante provável que as fotos que você tira no seu celular sejam automaticamente carregadas para um serviço de armazenamento em nuvem.

As pequenas empresas podem também se beneficiar dessa onda tecnológica e sem gastar grandes quantias, muitas vezes até economizando em relação às soluções tradicionais.

Se você chegou até esse artigo é porque deve estar pensando nos motivos para pequenas empresas utilizarem computação em nuvem, correto?

Mesmo que isso não seja a sua intenção principal, é provável que esse assunto já tenha passado nas suas ideias de planejamento.

De fato, a computação em nuvem já é uma realidade nas pequenas empresas brasileiras, e isso não é por menos. 

Afinal, aquilo que antes era privilégio de poucos, hoje virou sinônimo de praticidade, agilidade, precisão e segurança.

A também chamada Cloud Computing vem ganhando cada vez mais espaço no mercado, o que a torna uma tecnologia cheia de vantagens para o empreendedor

Sua função é oferecer um servidor remoto que armazena, gerencia e processa os dados da organização, sem a necessidade de arquivos físicos e eliminando recursos que geram mais despesas.

Confira a seguir 7 motivos que tornam essa ferramenta muito útil às empresas.


1. Várias funções em um só lugar

O serviço de armazenagem em nuvem não só permite que os dados da sua empresa sejam guardados em um sistema web. Com ele, é possível também fazer backups, acessando sempre que necessário qualquer informação importante.

Para isto, basta que o colaborador entre em um dispositivo, podendo ser o computador, tablet ou celular e, em seguida, o mesmo pode acessar, compartilhar e/ou sincronizar os arquivos que interessar, tudo ali, na palma da mão.

Para completar, os estabelecimentos (independente do porte) que usam o sistema ERP em nuvem tem a possibilidade de contar com a função de hospedagem de e-mail e disponibilização de aplicativos para acessar o sistema da empresa.

2. Aumento da produtividade

Quem ainda trabalha com dados manuais, sabe do trabalho que dá ter que entrar em um escritório e mexer em dezenas de pastas até encontrar um determinado documento. 

Isso sem falar do tempo perdido e do cansaço gerado com essa tarefa.

Pois bem, com as informações dispostas em um software online, não é preciso passar horas procurando por um relatório, uma vez que, com uma rápida pesquisa, o arquivo está impresso em cima da mesa.

Nesse sentido, como as informações podem ser abertas em qualquer hora e lugar, os colaboradores ganham mais tempo e conseguem ser mais produtivos

Logo, se o intuito da instituição é ter a equipe trabalhando com mais motivação, com a cloud computing isso é possível. 

3. Mobilidade digital em alta

A mobilidade digital no trabalho consiste em viabilizar que os funcionários não precisem perder horas instalando programas manuais para ter acesso aos documentos da companhia.

Dado que os dados estão disponíveis na nuvem - em uma espécie de arquivo virtual - , os empresários só têm a crescer no quesito mobilidade, pois abrir documentos e trabalhar remotamente é totalmente alcançável com a computação em nuvem.

Aliás, essa agilidade influencia na tomada de decisões, pelo fato de que, com a equipe realizando as atividades com mais rapidez, o gestor pode ter mais tranquilidade para pensar no que é melhor para o seu negócio.

E sem esquecer que não há motivos para esquentar a cabeça com imprevistos tecnológicos, típicos de um sistema manual (desktop). 

4. Escalabilidade do negócio

Não é preciso ser empreendedor para entender que toda empresa deseja sempre crescer, entregando produtos e serviços de qualidade ao mercado. 

Assim, um software de gestão em nuvem ganha mais pontos quando o assunto é o progresso das empresas.

Isso porque essa solução é bastante flexível, fazendo com que as ferramentas de trabalho se adaptem à realidade do empreendimento, ou seja, de acordo com a demanda atual.

Além disso, ao passo que a companhia for expandindo sua produção, não é necessário se preocupar com custos extras, em razão de que as despesas com manutenção de TI são reduzidas e muito mais fáceis de implementar. 

5. Redução de despesas

Por falar em custos, não se pode falar de computação em nuvem, sem mencionar a vantagem do investimento nessa tecnologia. 

Como se não bastassem os outros benefícios, a computação em nuvem em geral leva a custos mais baixos com TI.

E isso ocorre por que na nuvem você geralmente paga só pelo que utiliza.

Por exemplo, imagine que você tem uma pequena empresa e precisa de um servidor para um banco de dados. No modelo tradicional, você compra um servidor, um sistema dedicado, e contrata um profissional de TI para realizar todas as configurações.

Porém, provavelmente esse servidor é superdimensionado, o que quer dizer que você não utiliza toda a capacidade disponível.

Com os principais serviços de nuvem, você pode contratar um servidor remoto para instalar esse banco de dados, e irá pagar apenas pela capacidade que está utilizando. Ou seja, existe um equipamento remoto que compartilha sua capacidade de maneira automática e segura.

Os custos seguintes com mão de obra, manutenção e gerenciamento são muito menores se comparados a um sistema local.

Portanto, esqueça a ideia de que apenas grandes marcas podem ter acesso a recursos de ponta como a computação em nuvem.

6. Competitividade crescente

O investimento em soluções ágeis e modernas, como a nuvem, tem se tornado uma tendência nos últimos anos. Prova disso é que em 2021 esse recurso é o que tem mais perspectiva de crescimento.

E isso tudo tem uma razão clara: aquelas empresas que adotam essa inovação se tornam mais competitivas e se destacam perante a concorrência. 

Portanto, quem não quer deslanchar seu negócio e ficar no topo,construindo uma marca de referência no mercado?

A escolha por esse tipo de vantagem se dá em um momento onde a busca por dados de forma centralizada é um benefício e tanto para qualquer empresa, ainda mais quando esse processo é feito por comandos eficazes e ágeis.

7. Segurança dos dados

Seja qual for o tamanho do estabelecimento, há uma questão que todos os administradores prezam: a gerência e segurança das informações privadas, somente para uso da própria instituição.

Todavia, infelizmente algumas pessoas ainda possuem dúvidas se um sistema de computação em nuvem é mesmo seguro. 

Porém, se essa é sua aflição, pode ficar despreocupado, estando certo que um dos benefícios dessa solução é justamente o sigilo dos dados.

Para ter certeza, basta pegar o fato de que os servidores em nuvem são feitos por profissionais altamente capacitados.

Além do mais, o sistema de armazenamento em nuvem é atualizado continuamente com as melhores funções disponíveis quanto à preservação das informações.

Considerações finais

Como pudemos ver, as pequenas empresas têm muito a ganhar ao aderirem a computação em nuvem. 

É importante lembrar que esse recurso gera maior competitividade, reduz custos, agiliza os processos e aumenta a produtividade dos colaboradores.

Portanto, mais que uma inovação tecnológica, a computação em nuvem é um investimento com retorno garantido. 

E se você quer dar o primeiro passo nesse mundo, comece com um sistema de gestão em nuvem. O Sensio ERP é um software de gestão pensado e desenvolvido para pequenas empresas e é totalmente em nuvem. Conheça mais sobre ele aqui e faça um teste grátis.

Apenas conteúdo do blog, sem spam
Obrigado! Logo você irá começar a receber nosso conteúdo
Oops! Something went wrong while submitting the form.