Como evitar a inutilização do estoque?

A inutilização do estoque causa desperdícios de materiais, gastos com mão de obra para resolver o problema, atrasos nas entregas e perda de credibilidade perante o mercado de atuação. Neste blogpost, você vai entender como evitar a inutilização do estoque e otimizar a gestão deste setor tão importante na sua empresa.

Renata Parma
Gestão

Controlar de forma eficiente o estoque da empresa é muito importante, pois a atividade otimiza vários processos operacionais, garante a satisfação dos clientes e a lucratividade da empresa. Por outro lado, a inutilização do estoque causa desperdícios de materiais, gastos com mão de obra para resolver o problema, atrasos nas entregas e perda de credibilidade perante o mercado de atuação.


Mas como fazer uma gestão de estoque eficiente? Nesse caso, o melhor caminho é contar com um sistema de gestão empresarial para controlar o estoque da sua empresa. Mais conhecido como sistema ERP, ele reúne em um único lugar toda a movimentação de mercadorias, possibilita que o gestor saiba o que está sendo consumido ou não e facilita a tomada de decisões mais assertivas em prol do negócio.


Contudo, tão importante quanto controlar a entrada e a saída de mercadorias por meio de um sistema ERP, é evitar a inutilização do estoque durante o período em que os produtos estão armazenados. No artigo a seguir você vai conhecer as melhores práticas de gestão de estoques para evitar erros, desperdícios e prejuízos financeiros para a sua empresa. Acompanhe!


Boas práticas de armazenagem para evitar a inutilização do estoque da sua empresa


Diante de tudo o que já foi exposto anteriormente, certamente ficou claro o quanto uma gestão de estoque ineficiente pode prejudicar a saúde de qualquer negócio. Em pequenas e médias empresas, inclusive, esse é um problema ainda mais agravante, já que causa prejuízos financeiros significativos. Aliás, dependendo do tamanho do dano, as empresas podem até mesmo fechar as portas.


Para o Sebrae, não definir estratégias para evitar desperdícios é um dos motivos para o fracasso das empresas nos primeiros cinco anos de vida. De acordo com a entidade, mais de 50% dos empreendedores não realizam um planejamento prévio antes de iniciar as atividades empresariais, tão pouco conseguem se antecipar aos imprevistos.


Se você não quiser fazer parte dessas estatísticas, confira adiante algumas medidas inteligentes de armazenagem. Na indústria ou no comércio, essas boas práticas evitam a inutilização do estoque, minimizam as perdas e potencializam lucros.


Evite comprar produtos em excesso


Comprar mais do que se vende é um erro que pode colocar em risco a sobrevivência do negócio. Até mesmo porque um estoque parado não traz retorno financeiro para a empresa, apenas representa perda de investimento. 


É justamente nesse sentido que adotar um sistema ERP pode ser um fator determinante para o sucesso do seu negócio. O software ajuda a controlar a entrada e saída de mercadorias da empresa, evitando prejuízos. 


Mas não apenas isso. A ferramenta também oferece mais previsibilidade ao gestor sobre a demanda de produtos, de forma que ele consiga compreender quando de fato é preciso adquirir novos itens para abastecer o estoque.


Faça um inventário do estoque


Essa é uma dica crucial para todas as empresas que desejam controlar o estoque de maneira eficiente. Por meio do inventário, é possível identificar e contar os produtos e/ou insumos armazenados no estoque.


Na prática, o inventário possibilita que o gestor compreenda quais produtos possui em excesso, quais estão faltando e possíveis problemas como erros de classificação e furtos. Além disso, possibilita também identificar produtos avariados ou fora do prazo de validade.


Em outras palavras, o inventário evita a inutilização do estoque, pois oferece dados relevantes para a tomada de decisões. A atividade otimiza os processos de compras e ajuda a manter as prateleiras abastecidas.


Mas é claro que para tal, é necessário investir em um bom sistema de gestão de estoque. Afinal, controlar o fluxo de mercadorias em papéis, planilhas eletrônicas ou apenas na memória são técnicas totalmente ultrapassadas. Elas resultam em erros, exigem a contratação de profissionais e promovem desperdícios. 


Por outro lado, quando você alia o inventário com um sistema ERP, a sua empresa só tem a ganhar. Você passa a ter resultados mais precisos, a acompanhar as vendas em tempo real e a ter uma ideia mais clara de quais produtos possuem maior demanda e, por isso, necessitam de maiores investimentos.


Esteja atento às embalagens e à organização do depósito 


Uma das causas de inutilização do estoque é a avaria dos produtos causada pelo acondicionamento em embalagens inadequadas. Para evitar tais prejuízos, verifique se as embalagens são apropriadas para os tipos de produtos estocados e invista em equipamentos que facilitem a movimentação deles pelo armazém, como paletes, empilhadeiras, carrinhos industriais, entre outros.


Outro detalhe muito importante diz respeito à organização do próprio estoque em si. Investir em prateleiras adequadas e organizar as mercadorias por setores pode facilitar a logística do negócio, tornando-a mais rápida, eficiente e segura.


Cuidado com a inutilização do estoque por deterioração


Além dos cuidados já discutidos neste artigo, outras medidas também podem ser adotadas para evitar a inutilização do estoque e consequentemente prejuízos para a empresa. Estar atento ao prazo de validade de matérias-primas ou produtos acabados, por exemplo, é uma delas.


Ter mercadorias fora da data de vencimento em sua prateleira não apenas coloca em risco as finanças da sua empresa, mas também a confiança que os consumidores têm nela. E quando se trata de uma indústria alimentícia, esse é um fator ainda mais relevante. Afinal, consumir produtos fora da validade pode causar sérios danos à saúde das pessoas.


Um dos melhores métodos de disposição do estoque para evitar esse tipo de problema é o PEPS (Primeiro que Entra, Primeiro que Sai). Trata-se de um método de organização baseado na ordem cronológica de armazenamento do produto. Ou seja, na hora da venda, o primeiro item a ser retirado do estoque é o que foi primeiramente inserido nele. O método PEPS evita a inutilização do estoque por deterioração do produto em função de prazo de validade vencido. 


Invista em um bom sistema de gestão de estoques


Se com este artigo você identificou que precisa melhorar o controle de entrada e saída de produtos da sua empresa, uma boa solução é investir em um sistema de gestão simples e inteligente, como o Sensio ERP. Ele foi pensado e desenvolvido para pequenas empresas e oferece funcionalidades que simplificam tarefas, aumentam a produtividade das equipes de trabalho e evitam a inutilização do estoque.


Com o Sensio ERP você vai ter uma visão panorâmica de todo o seu negócio e fazer uma gestão de estoque mais eficiente. Ao integrar todos os setores da sua empresa como produção, estoque, vendas, financeiro e fiscal, o Sensio ERP proporciona mais agilidade nas vendas, redução de custos e economia de tempo.


Gostou? Então entre em contato com a Sensio e conheça as nossas soluções para o seu negócio.


Apenas conteúdo do blog, sem spam
Obrigado! Logo você irá começar a receber nosso conteúdo
Oops! Something went wrong while submitting the form.