Como um ERP pode otimizar o controle financeiro da sua empresa

Você quer entender como um ERP pode ajudar no seu controle financeiro, aumentando bastante a produtividade da sua empresa? Então, continue a leitura e veja todos os benefícios que essa ferramenta pode gerar.

Luiz Pires
Finanças

Você sabe a importância do controle financeiro para a empresa?

As finanças são o grande combustível de todo negócio e sem dúvidas essa parte é essencial para manter o uso correto do capital, possibilitando o lucro e o crescimento da organização.

Por  isso, a gestão financeira deve ser pauta frequente de toda pequena empresa que está crescendo.

Afinal, é comum que nesse começo o empresário ainda se desorganize um pouco em relação a administração dos recursos.

Porém, pode ser que o problema seja o uso de ferramentas ultrapassadas, como a utilização de planilhas físicas, que podem ser facilmente substituídas por softwares automatizados, como o ERP.

Então, se você é gestor e enfrenta problemas para organizar as finanças do seu estabelecimento, saiba que um sistema de controle financeiro pode economizar tempo e resolver o seu problema.

Confira esse conteúdo e saiba tudo sobre esse programa!

O que é ERP e por que usá-lo no controle financeiro

ERP vem de Enterprise Resource Planning, que significa sistema de gestão integrado. 

É um programa que integra os demais programas da empresa, facilitando a gestão do negócio por meio de um único software.  

Com a união dos diferentes setores da companhia, os dados são gerenciados numa única plataforma, a qual funciona de forma remota, ou seja, com o armazenamento na nuvem.

O ERP é um software de extrema relevância para todo empreendimento, ainda mais porque ele é adaptável a diferentes tipos de empresas e ramos de atuação.

Isso possibilita a combinação dos módulos necessários para a administração do estabelecimento.

Uma das áreas que mais se beneficia do ERP são as finanças, pois com um programa de controle financeiro é possível coordenar as tarefas administrativas da empresa, de forma preventiva e inteligente.

Isso porque esse recurso dispõe de dados claros e precisos sobre o fluxo de caixa, bem como demais informações patrimoniais necessárias à tomada de decisões.

Assim, dá para saber qual o melhor momento para investir em certo produto, qual a hora certa de avançar em campanhas, a melhor fase para economizar nos gastos etc.

Funcionalidades do ERP para o controle financeiro

De modo geral, o ERP ajuda no controle financeiro da empresa ao coletar, armazenar e processar as informações que serão úteis ao dono do negócio.

Esse sistema é capaz de automatizar uma série de tarefas, conferindo agilidade ao time e garantindo uma rotina mais produtiva

Saiba o que o módulo ERP de gestão financeira pode fazer por sua empresa:

Fluxo de caixa inteligente

A organização do fluxo de caixa compreende o planejamento e organização do dinheiro visando o que a instituição precisa naquele momento.

Um ERP financeiro de qualidade possui gráficos e relatórios de desempenho – diários, mensais e anual – que viabilizam o gestor de saber a que pé anda seu negócio.  

7 dicas de como organizar o fluxo de caixa:

  1. Defina metas ambiciosas, mas realistas;
  2.  Determine um ponto de equilíbrio;
  3. Incentive os clientes a pagarem mais rápido;
  4.  Considere seus custos versus receita;
  5. Organize suas despesas;
  6.  Mantenha uma reserva em dinheiro;
  7. Use uma planilha automatizada de fluxo de caixa.

Emissão de relatórios 

Com base em dados reais e atualizados, o empreendedor tem acesso às contas a pagar e receber do mês, bem como de seu faturamento mensal.

Além disso, conforme o empresário lança novas compras ou vendas, o sistema já irá atualizar automaticamente as suas finanças. 

Através desses dados e vários outros recursos visuais, você poderá entender de forma mais clara a sua gestão financeira.

Como um relatório precisa ser feito:

Obviamente, para surtir o impacto necessário, um relatório deve ser elaborado a partir de algumas diretrizes. Para isso, é preciso que eles contenham informações completas e atualizadas, ao mesmo tempo que sejam de fácil leitura e rápida visualização.

Um aspecto que ajuda a deixar a leitura de um relatório mais fluida é a sua funcionalidade. Para tanto, os dados inseridos precisam estar alinhados à necessidade da análise. Se um relatório busca representar as vendas em um período, não faz sentido que ele traga informações sobre despesas, por exemplo.

Aliás, isso tudo é possível dentro de um bom ERP! Com ele é possível gerar relatórios de entrada e saída de mercadorias, vendas, financeiro, setor de compras e outros.

Gestão simplificada de boletos e notas fiscais

O controle financeiro também é alcançado quando o gestor tem certas facilidades com o manuseio de documentos fiscais, como notas fiscais e boletos.

No ERP do Sensio, por exemplo, dá para imprimir boletos em lote, verificar recebimentos atrasados, planejar contas em atraso e até ativar um lembrete com as datas de vencimento das faturas.

Automatização de lançamentos recorrentes

Sabe aquelas contas que se repetem todo mês? Com a função de lançamentos recorrentes, o programa de controle financeiro lança no sistema as despesas e receitas periódicas.

Com isso, não precisa perder tempo preenchendo formulários todo mês, fora que até mesmo contratos podem ser gerados já com o lançamento recorrente de contas, conforme determinado período. 

Por que a otimização melhora sua rotina

Além disso, a  automação promove a otimização de processos administrativos em toda a empresa, permitindo realizar as tarefas operacionais e burocráticas de maneira mais ágil. Assim, os funcionários têm mais tempo para realizar atividades estratégicas e de grande importância para a organização.

Benefícios do ERP para a gestão financeira

Descubra a seguir quais os benefícios do ERP para a gestão financeira do seu estabelecimento.

1. Redução de custos

Uma vez que o sistema ERP economiza tempo e recursos, a médio prazo esse investimento também será recompensado, equilibrando as finanças.

Afinal muitas despesas podem ser reduzidas ou mesmo eliminadas com a implantação do ERP financeiro, como gastos com papel, impressões, pagamentos de horas extras etc.                      

2. Prevenção de erros humanos

Muitos erros gerenciais decorrem da falha humana, e é por isso que um sistema de controle financeiro é tão útil nessa prevenção.

Com ele, erros de preenchimento são facilmente identificados e corrigidos, coisa que não acontece tão rapidamente na lida com documentos físicos.

3. Melhor controle do estoque

Dado que um controle eficiente de estoque demanda cuidado e atenção, realizar essa tarefa manualmente é se sujeitar a falhas e riscos.

Ao passo que o ERP financeiro integra o estoque ao sistema, cada mercadoria que entra e sai da empresa é vista pelo software em nuvem, de qualquer lugar ou horário.

Você também vai gostar:
8 dicas de controle de estoque.
E-book: Guia completo de controle de estoque para pequenas fábricas.

Gestão da qualidade

Controlar os produtos e o faturamento do estoque de uma loja, por exemplo, é um grande desafio do varejo. Quando é utilizado um software de gestão completo, o processo se torna muito mais fácil. 

Com esse suporte de tecnologia, é possível realizar diversas atividades simultaneamente e o gestor consegue visualizar o processo de maneira mais detalhada. 

4. Dados seguros

Documentos físicos podem ser perdidos ou extraviados com facilidade, prejudicando o fluxo de atividades do negócio.

Uma vez que os dados financeiros estejam alocados na plataforma virtual, é muito mais rápido e simples encontrá-los.

Isso sem falar que a ferramenta conta com rigoroso protocolo de segurança contra fraudes e malwares.

Importância da segurança de dados

A segurança da informação é certamente um dos temas mais atuais e de maior relevância no contexto corporativo, e por essa razão, merece toda atenção por parte dos gestores e líderes de uma empresa.

É importante proteger todas as categorias de dados contra roubo e danos. Isso inclui dados confidenciais, informações de identificação pessoal, informações de saúde, propriedade intelectual, dados e sistemas de informações, tanto corporativas como governamentais.

Os pilares da segurança da informação são:

  1. Confidencialidade;
  2. Integridade;
  3. Disponibilidade.

5. Processos otimizados

Automatizar a gestão financeira da sua empresa significa assegurar eficiência, precisão e agilidade ao setor.

Até porque, quanto mais tarefas forem automatizadas, mais sobra mais tempo para focar no planejamento estratégico.

Por isso tudo, implantar um ERP é uma necessidade real dos negócios que desejam se expandir e ser referência no mercado.

Como a Sensio ERP pode te ajudar

Como pudemos ver, o ERP tem muito mais vantagens se comparado a planilhas ou programas isolados.

Aliás, essa tecnologia é eficaz para o controle financeiro não só pelo ganho de tempo, mas também pela economia.

Afinal, se você contratar um ERP para otimizar a sua gestão financeira, isso será feito de maneira automática e organizada, o que evita erros de percursos, como por exemplo, a geração de dados incorretos.

Nesse sentido, o Sensio ERP sai na frente nesse quesito, visto que o nosso software tem um módulo idealizado para suprir essa demanda. 

Acesse nosso site e descubra como podemos simplificar o controle financeiro da sua empresa!

Apenas conteúdo do blog, sem spam
Obrigado! Logo você irá começar a receber nosso conteúdo
Oops! Something went wrong while submitting the form.